PATROCINIOS

Frontpage SlideShow

(3 Votes) alt
(2 Votes)

Ap�³s ter sido dada como morta pelos m�©dicos, e passar 12 horas na gaveta do necrot�©rio de um hospital da Argentina, uma beb�ª prematura foi encontrada viva pelos pais, que consideram o caso um milagre e falam at�© em ressurrei�§�£o.

Luciana Abigail nasceu com apenas 26 semanas de gesta�§�£o no dia 3 de abril, e foi dada como morta, logo ap�³s o parto, pelos m�©dicos que n�£o encontraram seus sinais vitais. O hospital chegou a emitir um atestado de �³bito, declarando que o beb�ª morreu de causas desconhecidas, de acordo com a BBC. Por�©m, 12 horas ap�³s a beb�ª ter sido colocada em uma c�¢mara refrigerada no necrot�©rio, os pais insistiram em ver a filha e acabaram descobrindo que ela estava viva.

Os pais da crian�§a, Analia Bouter e Fabian Veron, moram na cidade argentina de Fontana, no norte do pa�­s. A m�£e dizia â??sentirâ? que a filha precisava dela, e conta que teve uma rea�§�£o de choque no primeiro momento em que encostou no corpo frio da filha e a menina tremeu, dando sinais de vida. â??Dei um passo para tr�¡s e ca�­ de joelhos. Meu marido n�£o sabia o que fazer. Come�§amos a chorar e a rir. Choramos de felicidadeâ?, lembra.

â??Ela estava coberta e com a pele p�¡lida e muito geladaâ?, contou Analia, que imediatamente tomou a filha nos bra�§os, junto com seu marido, e correu para a unidade neonatal pedindo ajuda da equipe m�©dica. A crian�§a foi socorrida por uma enfermeira que disse que â??era como carregar uma garrafa de geloâ?. Depois disso, os pais decidiram mudar o nome da menina, e a batizaram como Luz Milagros (Luz do Milagre).

O ministro da sa�ºde de Chaco, na Argentina, Francisco Baquero, se pronunciou sobre o caso afirmando que houve erro m�©dico. â??Obviamente houve um erro m�©dico protocolar (â?¦) foi um fato lament�¡vel, que por sorte est�¡ sendo controlado, e toda a assist�ªncia m�©dica est�¡ sendo dada �  pequena Luz Milagrosâ?, afirmou. A Secretaria de Sa�ºde da prov�­ncia do Chaco, emitiu nota avisando que os cinco profissionais envolvidos no parto foram suspensos de forma preventiva e que o caso ser�¡ investigado.

O neurologista Claudio Solana deu seu parecer sobre o ocorrido afirmando que â??os beb�ªs prematuros � s vezes nascem sem frequ�ªncia card�­aca nem respirat�³ria. Sem sinais de vidaâ?. Segundo o m�©dico, â??o comum �© deix�¡-los em observa�§�£o por pelo menos duas horas. Pois � s vezes eles se reanimam e recuperam os sinais vitaisâ?.

Analia Bouter, que �© crist�£ afirmou que o caso da filha foi um milagre. â??Eu sou uma crist�£. Sei que tudo isso foi um verdadeiro milagre de Deusâ?, comemora. O pai da crian�§a falou �  CNN sobre o caso e afirmou: â??Estamos comemorando o oitavo dia de sua ressurrei�§�£oâ?.

Sem previs�£o de alta, Luz Milagros permanece em terapia intensiva, por�©m sua situa�§�£o �© est�¡vel, apesar de ser grave.

fonte gospel +

(7 Votes)

MARAVILHOSO�  BATISMO�  NAS�  AGUAS� � 

MUITAS�  PESSOAS COMPARECERAM , PARA�  ESSE�  EVENTO , QUE �?�  UM�  IDE DE� JESUS� � ESCRITO �  EM�  MARCOS CAP.16 VER 15 :�  IDE�  PREGAI�  O�  EVANGELHO A�  TODAS CRIATURAS,�  E�  AQUELE QUE CRER�  E�  FOR�  BATIZADO�  SER��  SALVO

.FOI�  UM�  DOMINGO�  ABEN�?OADO DE�  FESTA�  P/�  TODOS�  NOS�  DA�  IMGRA DE CRISTO E�  FAMILIARES�  DOS�  IRM�?OS�  QUE�  BATIZARAM .PARAB�?NS� A�  VOC�?S�  IRM�?OS�  QUE�  TOMARAM�  ESSA� � S�BIA DECIS�?O.� 

NA�  FOTO�  ABAIXO�  Pr.�  ROBERVAL�  E�  Pb. MARCELO� �  BATIZANDO�  MAIS UM IRM�?O ...� 

alt

alt

(2 Votes) VC� �  JA� �  PAROU�  P�  PENSAR�  QUANTAS�  PESSOAS�  QUE�  ESTAO�  CEGAS�  INDO�  P�  O�  ABISMO�  MORTAL�  , E�  QUE� � NESCESSITAM �  DE�  ORIENTA�?AO ESPIRITUAL�  . POIS�  BEM� �  DEUS�  CONTA�  COM�  PESSOAS�  QUE�  DESEJAM�  REALMENTE�  FAZER�  SUA�  VONTADE� ,�  E�  SE�  VC�  QUIZER�  PODE�  SER�  ESSA�  PESSOA ,�  E�  ENTAO�  MUDAR�  ESSA�  REALIDADE�  ,�  ONDE�  MUITOS�  ESTAO�  PERDENDO�  SUA�  SALVA�?AO,POR NAO�  CONHECEREM�  A�  PALAVRA�  DE�  DEUS ,�  PENSE�  NISSO�  E TOME�  UMA�  ATITUDE
(1 Vote)

alt

A psic�³loga Marisa Lobo comentou a recente� entrevista concedida por Lanna Holder� em que a agora pastora de uma igreja inclusiva afirma sentir-se �  vontade, feliz e livre da vis�£o fundamentalista das igrejas tradicionais.

Marisa afirmou que â??o fato de se sentir bem, feliz , n�£o significa estar no centro da vontade de Deus. Depende apenas do sistema cerebral de recompensa dado por Deus que estimula horm�´nios respons�¡veis pelo bem estar, toda a vez que voc�ª realiza um desejo, �© dado ao homem independente de sua religi�£o e ou f�©â?.

Lanna afirmou que em sua igreja Cidade do Ref�ºgio n�£o se imp�µe o homossexualismo � s pessoas. Por�©m, no texto publicado no blog� Na�§�£o Pr�³-Fam�­lia,� a psic�³loga crist�£ Marisa Lobo entende que â??a partir do momento que voc�ª cria uma doutrina de refugio fora dos princ�­pios de Deus, est�¡ induzindo sim, pessoas a acharem que existe liberta�§�£o fora dos princ�­pios de Cristo �© isso �© criar um mito, uma heresia. Uma seitaâ?.

Em uma extensa coloca�§�£o sobre o que entende ser errado por parte de Lanna Holder, Marisa Lobo afirma que questionar a homossexualidade da pastora �© algo a ser colocado em segundo plano, frente aos fatos controversos que ela protagonizou.

â??N�£o vou de forma alguma questionar a homossexualidade de Lanna Holder, pois creio ser esse um problema sexual seu, e n�£o devo nem posso achar nada em rela�§�£o a esse fato que �© escolha sua . Por�©m como crist�£ e l�­der de influ�ªncia me sinto na obriga�§�£o de esclarecer algumas coisas e digo que, o maior erro da Lanna, foi pregar sobre liberta�§�£o do homossexualismo sendo consciente de que n�£o era liberta, e nem acreditava no que ab�­blia� diz quanto a esse fato, j�¡ que a mesma diz claramente que em sua viv�ªncia pessoal que entre ela e os seus, o homossexualismo n�£o �© pecado, e pregava algo que n�£o vivia. Deveria pregar sobre a luta interior desde in�­cio e n�£o usar a igreja e eventos para se promoverâ?, pontua a psic�³loga.

Menosprezando o ataque de Lanna � s igrejas, Marisa afirma ainda que o grande problema da entrevista concedida pela pastora homossexual �© que ao adaptar a B�­blia �  sua vis�£o pessoal, ela est�¡ fugindo dos princ�­pios b�­blicos e seria melhor criar uma nova religi�£o: â??A quest�£o na entrevista nem �© o valor moral atribu�­do as igrejas tradicionais, nem se somos exclusivistas ou n�£o, a quest�£o �© que n�£o posso de forma alguma adaptar o evangelho aos meus desejos pessoais, pois o cristianismo tem regras e princ�­pios a serem seguidos n�£o �© uma quest�£o de doutrina de igreja, e sim de realidade b�­blica e princ�­pios crist�£os, ou aceitamos ou criamos outra religi�£o outro deus como fazem muitos. A�­ pague o pre�§o, mas assuma estar vivendo uma mentira crist�£â?.

A psic�³loga ressalta ainda o tamanho da dificuldade que existe relacionada �  sexualidade do ser humano e garante pensar a respeito de uma forma bastante solid�¡ria: â??Lendo a entrevista fico consternada me solidarizo porque sei que n�£o deve ser f�¡cil resistir aos desejos homossexuais como n�£o deve ser f�¡cil para um padre resistir aos desejos heterossexuais para servir a Deus. Por�©m muitos renunciam sua sexualidade, acreditando estar no centro da vontade de Deus e deslocam seus desejos, sua sexualidade para a servid�£o para realizar a vontade do mestre simplesmente por acreditar. Isso �© f�©â?.

Sobre a tese de Lanna, em que a pastora homossexual afirma achar que a doutrina crist�£ contr�¡ria ao homossexualismo �© quest�£o de contexto no Velho Testamento, Marisa rebate dizendo que â??n�£o podemos interferir nos princ�­pios com nossos â??achismosâ?? .O ser humano �© tendencioso sempre tenta adaptar a palavra de Deus aos seus desejos, e o faz para sentir culpa.Com essa atitude sempre abri remos precedente, pois tudo pode ser adaptado a nossa vontade. E n�£o a vontade de Deusâ?.

Marisa frisa que o assunto sexo n�£o se resume ao ato em si, ou �  escolha por g�ªneros: â??Temos que ter em mente que sexualidade n�£o se resume em sexo, que nossa libido pode se quisermos ser deslocada para realiza�§�µes pessoais como cultura, artes, esporte e porque n�£o, para servir a Deus. O ser humano �© um todo, sua libido n�£o est�¡ apenas na �¡rea sexual. �? um erro focarmos somente neste aspecto. A vida, a felicidade tem que estar al�©m. Jesus Cristo por acaso teve mulheres? E n�£o era assediado por elas? Com certeza sim, e resistiu, claramente renunciou seus desejos, sublimou e deslocou para servir a Deus pensando na eternidade.

fonte� �  gospel +

OUVIR NO CELULAR

      


ASSISTA VIDEO Pr ROBERVAL

ASSISTA AGORA  VIDEO PASTOR

 CLICK NESSE LINK EM VERMELHO

https://youtu.be/9CX0ELb7XLI

PATROCINIO

Estatisticas

OBRIGADO PELO SUA VISITA.
226269
HojeHoje40
OntemOntem53
Esta semanaEsta semana467
Este m�ªsEste m�ªs1896
Todos os diasTodos os dias2262697
QUE DEUS O ABENÃ??OE