PATROCINIOS

Frontpage SlideShow

(0 Votes)

altUm grupo de m�£es crist�£s prop�´s ao Governo da Inglaterra que restrinja o acesso a conte�ºdo pornogr�¡fico na internet. Segundo a proposta, para ter acesso aos sites de pornografia, os adultos deveriam solicitar ao provedor que liberassem o acesso. A ideia �© que o conte�ºdo n�£o fique dispon�­vel para que crian�§as e adolescentes tenham acesso.

Visite: www.imgradecristo.loja2.com.br�  e�  fa�§a�  sua�  doa�§ao para constru�§�£o do novo templo.� 

Segundo o blog Mulher 7�?7, a campanha surgiu ap�³s a divulga�§�£o de um documento no �ºltimo m�ªs de Junho, chamado â??Deixem as crian�§as serem crian�§asâ?. Se a medida for adotada, os pais poderiam denunciar sites com conte�ºdo pornogr�¡fico em um portal chamado â??Parentportâ? (Portal dos Pais).

O Primeiro-Ministro ingl�ªs, David Cameron, declarou-se favor�¡vel �  ado�§�£o dessas medidas, e entende que �© saud�¡vel evitar que as crian�§as tenham acesso a conte�ºdo que provoque o imagin�¡rio sexual.

O movimento pede tamb�©m que propagandas com teor sexual sejam proibidas na Inglaterra e que as roupas infantis que forem consideradas sensuais sejam retiradas das lojas. Recentemente ouve um encontro entre os l�­deres desse movimento e o Primeiro-Ministro, o que refor�§a os boatos de que as medidas ser�£o realmente adotadas.

A ind�ºstria pornogr�¡fica aguarda maiores defini�§�µes sobre o caso, pois com a proibi�§�£o de acesso aos sites que cont�©m v�­deos adultos gratuitos, provavelmente a busca por filmes e revistas em bancas aumentar�¡.

fonte : gospel+

(0 Votes)

altA previs�£o do Pastor Harold Camping, de que o mundo acabar�¡ amanh�£, dia 21/10 fez o assunto entrar na rela�§�£o de assuntos mais comentados no Brasil atrav�©s do Twitter, com a hashtag #OFimdoMundoSexta.

Conhecido nos Estados Unidos como â??Pregador Apocalipseâ?, Harold Camping foi recentemente premiado com o Ig Nobel, por protagonizar um dos mais not�³rios casos de erros de c�¡lculo. Segundo os organizadores do pr�ªmio, as pessoas devem aprender com Camping como n�£o se deve fazer contas.

N�£o �© a primeira vez que Harold Camping prev�ª o fim do mundo, sem no entanto, o mundo ter acabado. Dessa vez, o pregador n�£o d�¡ muitos detalhes de como ocorrer�¡ a destrui�§�£o do planeta, por�©m afirma que â??o processo de destrui�§�£oâ? come�§ou no dia 21/05/2011 e se encerrar�¡ amanh�£, 21/10 � s 20h.

O Pastor Harold Camping dirige uma rede de emissoras de r�¡dio nos Estados Unidos, e mandou espalhar diversos outdoors naquele pa�­s, alertando as pessoas sobre o fim do mundo. Na �©poca de sua primeira previs�£o, diversos fieis largaram emprego, venderam casas e bens materiais, e com o erro do Pastor, afirmaram terem ficado surpresos.

Segundo a Revista Forbes, Camping explica que suas previs�µes s�£o feitas pois ele possui uma grande capacidade de interpretar evid�ªncias numerol�³gicas na B�­blia. As outras datas em que o Pastor havia previsto o fim do mundo foram 6 de setembro de 1964, 21 de maio de 1988, al�©m de 21 de maio de 2011. A teoria dele �© baseada na previs�£o feita atrav�©s de interpreta�§�µes de n�ºmeros descritos na B�­blia, e afirma que a volta de Cristo �  Terra acontecer�¡ 722.500 dias ap�³s sua crucifica�§�£o.

A rede de r�¡dios de Camping possui 66 emissoras nos Estados Unidos e transmite programa�§�µes em mais de 30 idiomas para emissoras de outros pa�­ses.

fonte: gospel+

(0 Votes)

altUma pesquisa feita pelo Centro de Pol�­ticas Sociais da Faculdade Get�ºlio Vargas mostra os n�ºmeros da crescente perda de fi�©is que a Igreja Cat�³lica vem sofrendo no Brasil. O estudo aponta que essa queda come�§ou h�¡ 140 anos, por�©m nas �ºltimas d�©cadas esse n�ºmero tem aumentado bastante.

Em 1872, a quantidade de cat�³licos no Brasil era de 99,7% da popula�§�£o, muito por influ�ªncia da coloniza�§�£o portuguesa. Hoje os brasileiros que se declaram cat�³licos s�£o 68,4% da popula�§�£o brasileira. O economista Marcelo Neri, que liderou a pesquisa, analisou tamb�©m os dados da â??Pesquisa de Or�§amentos Familiaresâ? (POF), do IBGE e concluiu que o n�ºmero de fi�©is que seguem a Igreja Cat�³lica �© o menor de todos os tempos. Em alguns Estados brasileiros, o n�ºmero de cat�³licos j�¡ �© menor que a metade da popula�§�£o.

Segundo a revista ISTO�?, alguns especialistas em religi�£o listaram os sete pecados capitais da Igreja Cat�³lica, que resultaram nesse afastamento dos fieis.

1 â?? Rituais e Doutrinas
Os costumes brasileiros vem mudando ao longo do tempo, e qualquer tipo de imposi�§�£o, seja de regras, ritos e obriga�§�µes acaba afastando os fieis, que est�£o cada vez mais independentes. O Mestre em Ci�ªncias da Religi�£o, Jung Mo Sung, da Universidade Metodista de S�£o Paulo, afirma que parte disso �© responsabilidade do Papa: â??Bento XVI prefere uma Igreja menor e mais atuante em vez de uma maior sem atua�§�£o coerente e consistenteâ?. O resultado dessa estrat�©gia �© a redu�§�£o vis�­vel dos cat�³licos no pa�­s. â??A estrat�©gia fortalece o fervor de uma minoria praticante, mas traz uma consequ�ªncia n�£o intencional da perda de ades�£o de cat�³licos difusosâ?, afirma Sung.

2 â?? Com�©rcio na Igreja
Segundo os estudiosos, cada vez mais as pessoas veem a Igreja como um local em que se procuram �­cones, como se fossem produtos. Para muitos, as igrejas tem servido apenas como local de eventos, por sua simbologia e arquitetura. Casamentos, missas de s�©timo dia e quermesses, s�£o alguns exemplos citados. O Padre Jos�© Jo�£o da Silva, da par�³quia S�£o Jos�© Oper�¡rio, em Itaquera, S�£o Paulo, reclama: â??Vivemos uma igreja fast-foodâ?. Nos casamentos, os ritos da Igreja de Roma n�£o s�£o t�£o respeitados como antigamente. â??H�¡ casais que trazem o CD da novela que faz sucesso para tocar na cerim�´nia. Se voc�ª se nega, alguns inconformados batem boca com voc�ª, viram as costas e procuram quem o fa�§aâ?, lamenta Silva.

Um outro fator ligado �  transforma�§�£o da Igreja Cat�³lica em supermercado est�¡ ligado ao fato de como as pessoas est�£o vendo a religi�£o. â??Muita gente traz seu carro rec�©m-comprado para ser benzido e vai embora. Poucos rezam ou participam de uma missaâ?, conta o Padre Jo�£o Carlos Almeida, te�³logo e diretor da Faculdade Dehoniana (SP), que foi vig�¡rio paroquial no Santu�¡rio S�£o Judas Tadeu, em S�£o Paulo.

3 â?? Mulheres abandonando o catolicismo
Segundo a Pesquisa da FGV, apenas no catolicismo as mulheres s�£o minoria. Em todas as outras 25 religi�µes pesquisadas, as mulheres s�£o maior n�ºmero em rela�§�£o aos homens. Entre evang�©licos, budistas, esp�­ritas e religi�µes afro, fora as cren�§as menores, a quantidade de homens �© menor que o das mulheres. Entre os motivos para esse desprezo feminino, est�£o assuntos diretamente ligados a elas, como por exemplo, os m�©todos contraceptivos, o div�³rcio e o aborto, que s�£o proibidos pela Igreja Cat�³lica. O te�³logo Jorge Cl�¡udio Ribeiro, da Pontif�­cia Universidade Cat�³lica de S�£o Paulo (PUC), afirma que a Igreja Cat�³lica n�£o gosta da mulher: â??Ao que parece, elas, mal-amadas que s�£o pela Igreja, est�£o se autorizando a n�£o gostar da religi�£o, a reagirâ?.

4 â?? Pedofilia
As constantes den�ºncias de Padres que abusam sexualmente de crian�§as, tanto no Brasil quanto no mundo, e a falta de medidas mais r�­gidas por parte dos l�­deres cat�³licos, s�£o mal vistas pela popula�§�£o, e principalmente pelos cat�³licos n�£o praticantes. Jung Mo Sung afirma que perante esses esc�¢ndalos, â??o militante n�£o ter�¡ sua f�© abalada. Mas os que se sentiam cat�³licos por uma afinidade de inf�¢ncia ou inspirados em alguma figura p�ºblica podem ter deixado de ser por causa desses fatosâ?.

E o fato de a Igreja Cat�³lica tratar esse assunto de forma sigilosa, s�³ piora a impress�£o do p�ºblico. Segundo a soci�³loga da religi�£o Brenda Carranza, da PUC de Campinas, a Igreja Cat�³lica â??trabalhou a quest�£o na base do segredo e do corporativismo. A l�³gica interna de uma institui�§�£o que se protege e n�£o ventila o problema levou a ampliar o fen�´meno, tornando-o uma sensa�§�£o nos meios de comunica�§�£oâ?.

5 â?? Faltam l�­deres inspiradores
Os cat�³licos sentem falta de l�­deres que atuem socialmente, transformando o caos, aponta a pesquisa. L�­deres cat�³licos como Dom Helder C�¢mara, que foi quatro vezes indicado ao Pr�ªmio Nobel da Paz, atuavam de forma significativa junto �  sociedade. Atualmente, os grandes l�­deres cat�³licos no Brasil s�£o padres cantores, o que n�£o inspira muita gente: â??Numa sociedade moderna, em que a ades�£o �  religi�£o acontece por op�§�£o pessoal, �© preciso que haja nomes admirados publicamenteâ?, afirma Jung Mo Sung.

6 â?? Dificuldade de Comunica�§�£o.
Nos tempos atuais, em que o tempo �© curto para todos, a comunica�§�£o centralizada da Igreja Cat�³lica dificulta a moderniza�§�£o da forma como ela fala com seus fieis. N�£o h�¡ um direcionamento para que Padres ou grandes l�­deres cat�³licos trabalhem com as novas m�­dias sociais, a fim de alcan�§ar os jovens, e isso dificulta a expans�£o da religi�£o. Alguns padres que por conta pr�³pria trabalham com essas ferramentas tem obtido sucesso, pois o jovem que se identifica com uma institui�§�£o passa a segui-la, independentemente da presen�§a f�­sica. Segundo a soci�³loga da religi�£o, Brenda Carranza, â??n�£o �© mais poss�­vel seguir com a ideia de que o fiel se encontra na par�³quiaâ?.

7 â?? Falta de Identidade Social
Antigamente, um dos meios que os jovens buscavam relacionamentos era a igreja. Os costumes religiosos eram um dos quesitos observados pelas fam�­lias e contavam a favor de um pretendente que ia �  missa. Muitos assumiam a religi�£o de batismo, mesmo que n�£o praticasse, como forma de se inserir socialmente.

Com o passar do tempo, esses h�¡bitos sociais deixaram de ser t�£o fortes, e isso possibilitou que muitos jovens que assumiriam a religi�£o apenas por conveni�ªncias, passassem a n�£o mais fazer isso. Segundo Brenda Carranza, o catolicismo â??era o imenso guarda-chuva cultural e religioso que permitia o tr�¢nsito espiritualâ?. Com a seculariza�§�£o da sociedade, algumas atitudes perderam sentido, e pessoas que n�£o praticam a religi�£o, n�£o se sentem mais obrigadas a adotar uma, aponta a pesquisa.

(0 Votes)

altO Pastor e Deputado Federal Marco Feliciano, afirmou durante a Expocrist�£ que sonha ser Presidente da Rep�ºblica. Feliciano, que obteve mais de 211 mil votos nas elei�§�µes para deputado, �© l�­der do Minist�©rio Tempo de Avivamento e conhecido por suas extravag�¢ncias.

Visite: www.telemaniamensagens.loja2.com.br

Durante sua campanha para deputado, o Pastor conquistou votos dos evang�©licos pentecostais propondo a defesa dos valores crist�£os para a sociedade. Ap�³s a elei�§�£o, chegou a afirmar que n�£o teme ser corrompido pela pol�­tica. â??A corrup�§�£o est�¡ aliada ao car�¡ter. Uns s�£o corromp�­veis, outros n�£o. Medo? N�£o, posso ter medo daquilo que nunca aceitei, n�£o aceito hoje e n�£o aceitarei amanh�£. Vigil�¢ncia sempre!â?, afirmou Feliciano.

O Pastor e Deputado, que tamb�©m �© cantor, se apresentou na Expocrist�£ no Grande Audit�³rio e discursou para os presentes, quando revelou seu maior sonho na pol�­tica: â??quero ser presidente do Brasil. A gente sonha em chegar l�¡ e vamos trabalhar pra isso. Para fazer desse pa�­s uma na�§�£o mais justa e n�£o envergonhar o nome de Jesus Cristoâ?.

Fonte :�  gospel+

(1 Vote)

altStanley Praimnath ainda se lembra do rugido dos motores, do cheiro do combust�­vel de avia�§�£o e do estrondoso impacto do voo 175 da United Airlines no seu escrit�³rio do 81�º andar da Torre Sul do World Trade Center.

Ele saiu vivo do pr�©dio em chamas, mas reconhece que nunca superou o terror daquele momento.

â??Durante cada dia da minha vida nos �ºltimos dez anos eu tenho revivido esse incidente pelo menos uma vez por diaâ?¦ e quem me v�ª jamais notariaâ?, disse Praimnath, executivo do Royal Bank of Scotland em Connecticut.

Praimnath disse que j�¡ era um crist�£o praticante antes do 11 de Setembro, mas depois dos atentados ele levou isso al�©m: tornou-se pastor pentecostal e um inspirado orador em igrejas e grupos religiosos.

Como muitos sobreviventes, ele ainda se lembra dos sons das pessoas agonizantes.

â??Toda noite, antes de ir para cama, ou�§o os gritos daquele indiv�­duo ca�­do no ch�£o, e esse homem est�¡ gritando: â??Por favor, diga �  minha mulher e ao meu beb�ª que eu os amo. Acabo de me casarâ??â?, relembra Praimnath.

â??Ele tinha um enorme ferimento na cabe�§a e estava caindo no ch�£o, e um seguran�§a estava junto a eleâ?¦ Ambos pereceram. Ainda consigo ouvir os gritos na minha cabe�§a.â?

Fonte:� O Globo

OUVIR NO CELULAR

      


ASSISTA VIDEO Pr ROBERVAL

ASSISTA AGORA  VIDEO PASTOR

 CLICK NESSE LINK EM VERMELHO

https://youtu.be/9CX0ELb7XLI

PATROCINIO

Estatisticas

OBRIGADO PELO SUA VISITA.
226269
HojeHoje40
OntemOntem53
Esta semanaEsta semana467
Este m�ªsEste m�ªs1896
Todos os diasTodos os dias2262697
QUE DEUS O ABENÃ??OE